Escolha uma Página

 Do site Roque Reverso

Amy Lee, do Evanescence (FOTO: DIVULGAÇÃO)

O Evanescence lançou no dia 28 de agosto o clipe da música “Use My Voice”. A faixa, que já havia sido liberada para audição no dia 14 do mesmo mês, faz parte do álbum que o grupo norte-americano deverá lançar ainda em 2020.

O clipe contou com direção de Eric D. Howell. A produção é de Jillian Nodland e o diretor de Fotografia é Bo Hakala.

Na época de liberação da audição da música, a banda já havia informado que a canção busca conscientizar o público sobre o uso da voz da população para promover maior justiça no mundo.

Não por acaso, a faixa tem sido usada em uma campanha da ONG HeadCount para motivar as pessoas
a votarem nas eleições deste ano nos Estados Unidos.

A música contou com uma série de participações especiais importantes, como a da vocalista do grupo The Pretty Reckless, Taylor Momsen, a vocalista do Halestorm, Lzzy Hale, e a vocalista do grupo Within Temptation, Sharon den Adel.

Participaram ainda da gravação da música a violinista Lindsey Stirling; a coautora da faixa e amiga de longa data da vocalista do Evanescence, Amy Lee, Deena Jakoubof; as irmãs de Amy, Carrie South e Lori Lee Bulloch; e Amy McLawhorn, esposa de Troy McLawhorn, guitarrista do Evanescence.

“Use My Voice” é a terceira amostra já com clipe do disco “The Bitter Truth”. Antes dela, o Evanescence havia trazido duas ótimas músicas com grandes vídeos: “Wasted on You” e de “The Game Is Over”.

O disco mais recente da banda foi “Synthesis”, que chegou ao público em novembro de 2017.

“Synthesis” é considerado o quarto de estúdio do Evanescence, mas tem um conceito diferente do tradicional, já que incluiu versões regravadas do material antigo do grupo com arranjo de orquestra e elementos de música eletrônica, além de duas músicas inéditas.

Antes de “Synthesis”, o Evanescence havia lançado os seguintes discos: “Fallen” (2003), “The Open Door” (2006) e “Evanescence” (2011).

Até o momento, não há mais detalhes sobre a data exata de lançamento do disco “The Bitter Truth”.