Escolha uma Página

  Do site Roque Reverso

 

O rock and roll e heavy metal contaram com representantes importantes entre os vencedores na premiação do Grammy de 2021 realizada na noite do domingo, 14 de março. The Strokes, a cantora Fiona Apple e a vocalista do Alabama Shakes, Brittany Howard, em carreira solo, venceram na categoria ligada ao estilo. Na ponta mais pesada, o grande Body Count foi o vencedor na categoria ligada ao heavy metal.

A banda de The Strokes levou o prêmio de Melhor Álbum de Rock, com o disco “The New Abnormal”. O grupo norte-americano derrotou Fontaines DC, Grace Potter, d Rock ‘n’ Roll Fury of e o bom Michael Kiwanuka.

A veterana cantora Fiona Apple, que um dia já foi uma excelente revelação do rock, voltou com tudo e levou o prêmio de Melhor Performance de Rock, com a música “Shameika”.

Ela derrotou Brittany Howard nesta categoria, além dos indicados Big Thief Music, Phoebe Bridgers, HAIM e Grace Potter.

A maravilhosa vocalista do Alabama Shakes levou o prêmio de Melhor Música de Rock, com “Stay High”, Ela derrotou os indicados Phoebe Bridgers, Tame Impala, Fiona Apple e big Thief.

Fiona Apple ganhou mais um prêmio, o de Melhor Álbum de Música Alternativa, com “Fetch the Bolt Cutters”. Ela derrotou os indicados Beck, Phoebe Bridgers, Brittany Howard e Tame Impala.

O Body Count venceu o prêmio de Melhor Performance de Metal, com a música “Bum-Rush”. A banda norte-americana derrotou os indicados Code Orange, In This Moments, Poppy e Power Trip.

Outro representante do rock vencedor da noite foi a banda Wilco, com o prêmio de Melhor Box de Edição Especial Limitada. O grupo derrotou os indicados Flaming Pie, Giants Stadium 1987, 1989 e 1991, Mode e The Story of Ghostly International.

Mais um vencedor do rock foi Fito Paez, na categoria Melhor Álbum Alternativo de Rock Latino. Ele derrotou os indicados Bajofondo, Cami, Cultura Profética e Lido Pimienta.