Escolha uma Página

– A banda carioca de powe metal Innocence Lost lançou “The River”, o segundo single e videoclipe daquele que será seu novo álbum de estúdio, a ser lançado ainda no primeiro semestre de 2024. O lançamento conta com a participação de Thiago Bianchi (Noturnall, ex-Shaman), cantor e produtor. A música aborda em sua temática a mitologia grega do “Guia” e do “Sinner”, que fazem sua jornada em busca de respostas, seguindo as almas até a embarcação de Caronte, onde navegam através do rio Aqueronte passando pelos círculos da Luxúria, Gula, Ganância e chegando ao ciclo da Ira.Veja em https://youtu.be/eso23L1nwl8

– A  banda inglesa New Model Army lançou  novo disco, intitulado “Unbroken”. O álbum é o décimo sexto trabalho de estúdio do grupo liderado pelo guitarrista/vocalista Justin Sullivan e o sucessor de “From Here”, lançado em agosto de 2019. Ouça em https://open.spotify.com/intl-pt/album/0MbGi2BUUQ3a9ltxKjVGC0?si=Wn-8KBmnSzurUUs3Qx0Djg

– A banda sueca de heavy metal Therion está completando a trilogia “Leviathan”. Com mais de 35 anos de experiência, a banda, que gira em torno da mente criativa Christofer Johnsson, foi uma das primeiras a combinar o heavy metal com elementos sinfônicos e orquestrais nos anos 1990 e é considerada uma das fundadoras do metal sinfônico que mais definem e influenciam o estilo atualmente. Agora, o grupo continua seu legado ao lançar o terceiro volume da trilogia “Leviathan”, simplesmente com o título “Leviathan III”., disponível no Brasil via Shinigami Records. O álbum começa com a poderosa ‘Ninkigal’, catapultando o ouvinte diretamente para o universo dramático que o Therion criou, com composições habilmente elaboradas e os vocais femininos operísticos, gentileza de Lori Lewis, alternando-os com sombrios rosnados e melodias agradáveis. É seguida por ‘Ruler of Tamag’ que encanta com uma introdução suave de violão e vocais femininos melancólicos, para então explodir em uma faixa pesada com partes sombrias que se transformam em uma fascinante sinfonia semelhante a uma partitura. O THERION mais uma vez extrai charme da ousadia de misturar estilos que vão desde partes góticas ao Death Metal Melódico e elementos neoclássicos, passando pelo Power Metal de uma forma complexa e versátil, desafiando assim os seus ouvintes como pode ser testemunhado na faixa ‘Twilight of the Gods’ que encerra o álbum. A música oferece o que há de melhor do metal épico e sinfônico, encontrando uma mistura harmoniosa e equilibrada entre as guitarras, o coro e a orquestra. A banda continua com a sua versátil jornada musical e de combinação de estilos, que também é formada pela linha fundamental de seus antecessores “Leviathan” e “Leviathan II”.