Escolha uma Página

– “Carnavelhas” é um show especial de carnaval das Velhas Virgens, banda que começou em 1986 e atua até hoje no cenário independente da música nacional. Desde 2005 o espetáculo se realiza entre os meses de janeiro e março, sem faltar nenhum ano, tendo três discos lançados dentro da temática carnavalesca. Desde 2019 o “Bloco Carnavelhas” foi oficializado no carnaval de rua em São Paulo participando ativamente da festa popular. O objetivo do projeto, que tem o apoio do ProAC2021 do Governo do Estado de São Paulo, é fazer a gravação em áudio e vídeo do show “Cainavacina Carnavelhas” de carnaval, lançá-lo e transmiti-lo on line durante o período de carnaval de 2022, depois deixá-lo aberto nas plataformas da banda no YouTube gratuitamente para quem quiser assisti-lo. As referências são inúmeras dentro e fora da cultura musical carnavalesca: Adoniran Barbosa, as músicas e filmes de Mazzaropi (regravação de “A Tromba do Elefante” em 2018), sambistas como Bezerra da Silva e Moreira da Silva, sambas enredos, Premê e Língua de Trapo, música sertaneja de raiz (regravação de “Moreninha Linda” em 2019), os grandes humoristas brasileiros (CD “Bêbado Riso”), até a própria cidade de São Paulo serviu de referência para músicas como “Feijoada no Estadão”, “Nos Bares da Vila Madalena”.

Data: 20/02/2022 – Domingo

Horário: A partir das 15:00 horas

(show programado para das 16:00 às 18:00 horas)

Transmissão ao vivo pelo canal do Youtube das Velhas Virgens

https://www.youtube.com/channel/UC7ubOQOS87tlO902Tt3cK5A

– MV Bill é um nome importante do hip hop e do rap do Brasil, principalmente no Rio de Janeiro. Costuma ser colocado na mesma prateleira de Racionais MC’s, Emicida, DJ Hum & Thaíde, Criolo, Pavilhão 9, entre outros. Ele vai lançar seu livro em abril com o nome “A Vida me Ensinou a Caminhar” (Editora Age). Como novidade, várias passagens importantes de sua vida serão detalhadas, e em especial sua relação com o rock. O carioca também homenageia a memória do Chorão, ex-vocalista da banda de rock Charlie Brown Jr, com um capítulo sobre a amizade e a parceria surgida a partir dos bastidores do prêmio VMB, em 1998. Chorão morreu em 2011. O músico também descreve os bastidores de sua participação no festival Free Jazz, onde se apresentou com arma na cintura, durante as edições do Rio de Janeiro e de São Paulo, em 1999. MV Bill dedica um capítulo sobre os bastidores da primeira Comitiva do hip-hop nacional a ser recebida por um chefe de Estado do Brasil, o então presidente Lula, no Palácio do Planalto, em Brasília, em 2002. 
Pré-venda do livro físico “A Vida me Ensinou a Caminhar”, do MV Bill

Período: 18 de fevereiro a 30 de março

Valor: R$ 47, 60

Vendas: www.editoraage.com.br